Praia Fluvial do Penedo Furado

Vista Miradouro

O Penedo Furado

A praia fluvial do penedo furado é um autêntico paraíso no concelho de Vila de Rei, a 9km da vila; oferecendo um conjunto de pequenas quedas de água, visíveis a escassos metros, que podem ser apreciadas ao percorrer um estreito caminho talhado na rocha.

Zona das Cascatas do Penedo furado
Zona das Cascatas do Penedo furado

Esta é a estância balnear mais procurada do concelho, não só pela sua água límpida e cristalina, que lentamente vai correndo pelo leito através de uma passagem natural na rocha, mas também pelas infraestruturas de que dispõe.
Este é, sem duvida, um local indicado para programas de família, pois a água tem pouca profundidade. A praia é também bastante procurada por campistas, oferecendo condições bastante boas sem custos de permanência.
Para ajudar a explicar a beleza do local, esta praia do Penedo Furado já foi finalista no concurso “7 Maravilhas – Praias de Portugal”, concurso muito conhecido em Portugal.
Na zona mais elevada, existe um rochedo gigantesco com uma enorme abertura de feitio afunilado, que dá nome à praia, onde foi criado o Miradouro do Penedo Furado, de onde é possível admirar a magnífica paisagem de serras e montes revestidos de pinhais, a ribeira do Codes, a albufeira da Barragem do Castelo do Bode e algumas casas das povoações envolventes.
Do lado direito do miradouro, existe um nicho com a imagem de Nossa Senhora dos Caminhos, após a qual existe um trilho lateral que permite passar à zona mais baixa do penedo, e descer até à praia fluvial, passando pela denominada “Bicha Pintada”. Infelizmente, nós não tivemos oportunidade para realizar esse trilho desta vez pois optámos pelo que vamos descrever já, já.

O trilho GRZ (Grande Rota Zêzere)

Há possibilidade de fazer vários trilhos a partir desta zona, sendo que um deles é o Trilho GRZ; grande rota do Zêzere; que são 33km a caminhar lado a lado com este rio. Nós realizamos apenas uma parte deste trilho, que vai do penedo furado até à aldeia de Matagosa. São cerca de 4km, mais ou menos 1h a caminhar. Sensivelmente a meio do trilho existe a possibilidade de fazer um pequeno desvio, e visitar o miradouro do Cristo Rei, antigamente denominado Pico do Castelo.


Este trilho, embora relativamente curto, é de um grau de dificuldade algo elevado (principalmente nesta altura do ano, devido às altas temperaturas que se fazem sentir). Grande parte dos primeiros dois quilómetros são feitos a subir a serra, com uma inclinação bastante acentuada, descendo depois mais calmamente nos 2 quilómetros restantes até à aldeia. Na aldeia de Matagosa, não se fiquem pelo local que indica o final do trilho, pois podem descer até ao rio e digo-vos, que visão fantástica para compensar o esforço da ultima hora. 😊 Na minha opinião, este trilho não é aconselhado a crianças ou pessoas com dificuldades motoras.

Para mais informações sobre o trilho: http://aldeiasdoxisto.pt/percurso/4482

Nota: Ao todo, realizámos 8 quilómetros e não 4, pois temos de contabilizar o percurso de regresso ao Penedo Furado, onde tínhamos o carro. Até ao momento (e isso deve mudar nas próximas semanas 😝, este foi o trilho mais exigente que realizámos.

O Rio Zêzere visto de Matagosa
O Rio Zêzere visto de Matagosa

O Penedo Furado é um dos locais mais místicos da região. Mitos, contos e lendas que o povo foi passando de geração em geração, fazem também parte da História do Penedo Furado e deixam a imaginação popular aliar-se a toda a beleza do espaço envolvente.

Onde ficámos

Quando visitámos a praia fluvial do penedo furado, acampamos no parque de campismo municipal de Constância. O parque de campismo é impecável, as instalações são limpas, tem água quente, Wi-Fi grátis e fica super perto da margem do rio Zêzere. A partir deste ponto é possível descer o rio de Kayak.

Constância é uma vila encantadora. Provavelmente tornou-se conhecida por ser o ponto de encontro do Rio Zêzere com o rio Tejo. Mas considero que tem bastantes pontos a favor de uma visita com mais atenção, entre eles: a vila em si, pois trata-se de uma vila muito bem arranjada, de aspeto antigo, ideal para um passeio de fim de tarde; o Jardim-Horto de Camões, a poucos metros do parque de campismo e que reúne toda a flora referida pelo próprio ao longo da sua obra; o monumento a Camões, poeta que terá habitado em Punhete (agora Constância); ou ainda a própria praia fluvial e o ponto de junção dos rios.

Constância

Ainda na zona circundante, deixamos ainda mais algumas sugestões, como o borboletário tropical no parque ambiental de Santa Margarida (aqui vamos definitivamente voltar, pois a entrada apenas pode ser efetuada mediante marcação. Haveremos de voltar a falar nele e fornecer mais informação 😉) e o Parque de Escultura Contemporânea em Vila Nova da Barquinha.

Bom passeio 😉



One Reply to “Praia Fluvial do Penedo Furado”

Deixe uma resposta